Como o público masculino se comporta no mundo da perfumaria

Apesar do recente cenário de crise que o país passa, o Brasil deve atingir U$6,7 bilhões em vendas de produtos perfumados masculino nos próximos dois anos, ultrapassando até mesmo os Estados Unidos.

Nos últimos 5 anos, o mercado de beleza masculina dobrou de tamanho e deve seguir aquecido nos próximos meses. Segundo a Euromonitor Internacional, pelos próximos dois anos, o mercado brasileiro de cuidados pessoas masculinos deve crescer 7,1% ao ano e tornar-se o maior mercado do mundo.

O público masculino, que antes era mais tímido, agora se torna mais exigente no que diz respeito à fragrâncias e produtos de cuidados pessoais. Essa fatia do mercado já vinha dando sinais de evolução. Em 2015, o mercado mundial teve um boom e movimentou cerca de R$20 bilhões. Já em 2016, mesmo com um ano ruim em vendas para o varejo, os produtos masculinos não saíram da lista de compras. O mercado movimentou cerca de R$19,6 bilhões e fez com que marcas brasileiras de cosméticos apostassem no desenvolvimento de produtos.

Os homens estão cada vez mais interessados em produtos de cuidados pessoais e perfumaria, ampliando e diversificando os itens de uso contínuo. Segundo a pesquisa, hoje 19% dos homens já consomem produtos faciais. Em um centro como São Paulo, o número aumentou bastante, para quase 30%. Mas ainda é um mercado cheio de oportunidades.

No mundo todo, o segmento de beleza masculina espera movimentar mais de U$35 bilhões, e o mercado de fragrância terá uma fatia significativa desse montante.

Fonte: Revista Espuma

Deixe uma resposta